A trama fica cada vez mais complicada quando o grande líder dos mogadorianos chega a Terra. Mas agora, temos mais lorienos e a esperança se renova. Porém serão capazes de seguirem adiante com tantas dificuldades pela frente?


Editora: Intrínseca A Ascensão dos Nove, de Pittacus Lore
Páginas: 287
Acabamento: Brochura
Ano de publicação original: 2012

Sinopse: Antes de encontrar John Smith, o Número Quatro, eu estava sozinha, lutando e me escondendo para continuar viva. Juntos, somos ainda mais poderosos. Mas isso só vai durar até precisarmos nos separar para localizar os outros. Fui até a Espanha em busca da Número Sete e encontrei mais do que esperava: um décimo membro da Garde, que conseguiu escapar vivo de Lorien. Ella é mais jovem que o restante de nós, mas igualmente corajosa. Agora estamos à procura dos outros — de John inclusive.


Agora, a estória é narrada também sob a perspectiva da personagem Seis. Logo, temos três narradores, algo inédito para mim. Quatro, Sete e Seis. Então o livro tem o triplo de ação e tudo o mais. Seis conta o que passou no seu passado somente nos primeiros capítulos, porque depois muita coisa acontece…

Quatro está se recuperando de seu grande choque com o campo de força – na caverna em West Virginia – junto com Nove e Bernie Kosar (seu Chimæra que, para quem não sabe, é um animal que pode se transformar em qualquer outro, mesmo que seja de mitologia fantástica, mas sua forma preferida é de um cachorro beagle).

Mas vamos falar de Nove, o Garde que Quatro e Sam (que ficou para trás e seu paradeiro é um mistério, mesmo no fim do livro) encontraram. Ele é um cara que traz um certo alivio cômico a estória porque, além de estourado como Quatro, ele brinca com todas as situações, lembrando Flash e Homem-Aranha dos quadrinhos.

Enquanto isso, Seis, Sete, Dez (sim, existe a Dez!) e seu Cêpan Crayton vão para a Índia em busca do número Oito. Ele é adorado na Índia, aliás, como um deus Vishna, que muda de forma. E ele realmente muda de forma, assim como um Chimæra, e se teletransporta. Sete começa a gostar muito dele. Sente até ciúmes de Seis que, se vocês lembram, está em um triângulo interligado com Quatro, Sam e Sarah. E o destino de Sarah e Sam Goode sempre é um mistério no livro inteiro…

O “Adorado Líder” provoca Oito e Quatro em sonhos, os trazendo para o palco épico, na base militar do governo dos Estados Unidos. Sim, muitos membros do governo estão junto dos mogadorianos em troca de recursos. E isso complica ainda mais a situação…

Dentro de encontros e desencontros, o livro desenvolve muito as personagens e seus relacionamentos. A ameaça sempre os está rondando, mas eles precisam superar isso se quiserem ter alguma vantagem sobre os mogadorianos. Além de que Pittacus Lore nos traz um grande vilão que é Setrakus Ra (nos lembra muito Darth Vader, que é icônico).

bio CAIQUE