Vamos analisar um dos livros mais sombrios da saga! Com plot twists inesperados quando as coisas estavam indo bem para os lorienos, que agora estão (quase) todos juntos e que esperavam se fortalecer para revidar com força os ataques mogadorianos. E quando há um rato no time?


Editora: Intrínseca A Queda dos Cinco, de Pittacus Lore
Páginas: 288
Acabamento: Brochura
Ano de publicação original: 2013

Sinopse: John Smith, o Número Quatro, achou que tudo seria diferente quando os lorienos se juntassem. Eles parariam de fugir. Lutariam contra os mogadorianos. E venceriam. Mas Quatro estava errado. Depois de enfrentarem Setrákus Ra e quase serem dizimados, os membros da Garde reconhecem que estão despreparados e em minoria. Escondidos na cobertura de Nove, em Chicago, eles planejam os próximos passos. Os seis são poderosos, porém não são fortes o suficiente para enfrentar um exército inteiro, mesmo com o retorno de um antigo aliado. Para derrotar os mogadorianos, cada um deles precisará dominar seus Legados e aprender a trabalhar em equipe. O futuro incerto faz com que eles busquem a verdade sobre os Anciões e seu plano para os nove lorienos escolhidos. A Garde pode ter perdido batalhas, mas não perderá a guerra.


No quarto livro da série Os Legados de Lorien, o nosso querido John Smith (Quatro), está finalmente fazendo um Assemble com todos os outros membros da Garde, finalmente. Logo após a batalha épica contra Setrákus Rá, o Darth Vader dos mogadorianos, ele e os outros estão escondidos em Chicago, na chique porém útil cobertura de Nove, localizada no John Hancock Center. Todos os membros da Garde estão presentes, até a número Dez está, exceto um: Cinco. As dúvidas sobre quem é o número Cinco, qual sua localização, seus legados, se é homem ou mulher, passam pela cabeça dos lorienos, até que o mesmo manda um sinal extravagante e descuidado que os deixa ainda mais intrigados.

Com a ajuda de Sam e Malcolm Goode – sim! Eles voltaram! – que contaram com a ajuda de um personagem nada comum para escaparem dos cruéis inimigos, eles conseguem se encontrar com o Cinco. Que no mínimo, é estranho… Ele alega nunca ter encontrado os mogadorianos, nunca ter lutado por sua vida antes… Ele vira um caso difícil para todos.

 

 

Além de lidar com uma nova personalidade dentro do grupo, novos treinamentos, romances sendo formados com as adições dos humanos que são nada inúteis como Sarah (sim, ela mesmo!). Novas descobertas sobre os legados de Ella e de Marina nos dá mais movimento a trama, até que a equipe tem que se dividir e uma morte inesperada acontece… Um traidor se revela e se os lorienos não correrem, eles terão mais cicatrizes em suas pernas.

Os autores que fazem uma fusão e se transformam no enigmático Pittacus Lore nos dá uma nova faceta da guerra. Esta nunca mais será a mesma e uma corrida pela vida nos deixa bem agoniados. O principal, porém, fica nas relações entre os personagens, as decisões tomadas por eles, as estórias de vida que são formadas deixam tudo mais interessante e se conectando com muitos spin offs e arcos anteriores. Eis uma lição de como trabalhar uma saga literária…

 

bio CAIQUE